Carregando - Instituto Harmonie | Nutrição, Saúde e Bem-Estar
X

O que sua lista de compra diz sobre seu hábito alimentar?

01/09/2020

Texto original: Sueli Longo (CRN3-3599)

 

Você elabora uma lista de compras antes de ir ao supermercado e/ou feira? Saiba que este pedaço de papel é um retrato do seu hábito alimentar. Escolhas alimentares saudáveis começam por comprar alimentos com qualidade e em quantidade suficiente para compor as refeições diárias e evitar o desperdício.

Os princípios que norteiam um padrão alimentar saudável se aplicam perfeitamente a lista de intenção de compras dos alimentos:

  • Cereais, grãos, leguminosas, raízes e tubérculos, legumes, verduras e frutas são a base da alimentação diária e, portanto, desfrutam de papel de destaque no carrinho.
  • Carnes, aves, ovos, peixe, leite e derivados são importantes fontes de proteína, cálcio e ferro e, estão na lista de compras, em quantidade inferior ao grupo anterior, pois a recomendação de consumo deles é menor.
  • Alimentos ricos em açúcar, sal e gordura necessitam de atenção por parte do consumidor em função da recomendação mundial de redução no consumo. No cesto de compra há pouco espaço para eles.

Primeiro passo para quem quer criar um hábito alimentar saudável, criar uma lista de intenção de compras condizente com as orientações acima e nortear a aquisição de alimentos por ela. Para evitar o desperdício, compre somente a quantidade necessária, sem exageros.

Alimentos perecíveis (que necessitam de refrigeração) possuem prazo de validade curto. Fique atento a esta informação na hora de estimar o quanto comprar e como armazenar corretamente. Legumes, verduras e frutas são mais saborosos quando consumidos frescos, sendo assim procure comprar quantidade suficiente toda semana.

Consumidor que valoriza a produção local e conhece a sazonalidade dos alimentos ganha na variedade, no sabor e economiza na hora da compra. Manter um padrão alimentar saudável não implica em gastar mais na aquisição de alimentos. Escolhas saudáveis exigem planejamento, conhecimento e pesquisa de preço.

Para finalizar, convido você a olhar para seu carrinho/cesto de compra e analisar o quanto ele contribui com sua saúde.  Quantos alimentos ricos em açúcar, sal e gordura estão frequentemente em seu carrinho/cesto de compra?

#planteestaideia

 

Publicações Anteriores

Caderno de receitas: receituário de saúde

Não sei você, mas eu adoro cozinhar! Aprendi com minha mãe a arte milenar de preparar os alimentos.


Saiba mais

Saúde sinônimo de comer de tudo um pouco

... "Desde pequeno ele tem uma saúde de ferro. Come de tudo um pouco. Não tem frescura para comer. Gosta de tudo" ...


Saiba mais

Fique em casa e repense suas escolhas alimentares

Voltarmos nossa atenção para a cozinha e refletir sobre a importância de nossas escolhas alimentares em nossa saúde. Esta é a realidade com a qual teremos de conviver pós COVID.


Saiba mais

Dieta Mediterrânea: muito além do azeite e do vinho

Considerada como um dos padrões alimentares mais saudáveis da humanidade, a Dieta Mediterrânea nos convida a entender o real significado de estilo saudável de viver.


Saiba mais

Você sabe a diferença entre sal e sódio?

Os brasileiros que consomem 2,4 vezes mais sódio do que o recomendado. E sabe por que isto acontece? Erramos a mão na hora de salgar os alimentos.


Saiba mais

Diferenciando atividade física, exercício físico e esporte.

Diariamente ouvimos os termos atividade física, exercício físico e esporte serem utilizados quase que como sinônimos, no entanto, eles guardam diferença entre si.


Saiba mais

Alimentos, nutrientes e dietas com super poderes - Fake news!!!

Alimentos e dietas, dotados de super poderes. Prometem aquilo que todos querem ouvir, resultado rápido sem necessidade de mudança de comportamento. Será verdade?


Saiba mais

O feijão nosso de cada dia...

Os feijões fazem parte do padrão alimentar dos brasileiros. Ao consumir uma concha média de feijão o seu corpo receberá em média 66 calorias e 48% da recomendação diária de fibra.


Saiba mais